BUSCA

/NOTÍCIAS

03/07/2014 - PREFEITURA CONQUISTA INCUBADORA NEONATAL JUNTO AO GOVERNO DO ESTADO

A Secretaria de Saúde de Reserva, justificou a necessidade e foi atendida pelo Governo do Estado com uma Incubadora Neonatal, que servirá para a realização de transporte de recém-nascidos que possuam indicação para UTI Neonatal, promovendo desta forma a humanização do transporte propiciando melhores condições para o recém-nascido que através da incubadora se manterá aquecido o que é fundamental no pós-parto, aumentando muito suas chances de vida, assim como, facilitará o manejo do recém-nascido pela equipe que executa este transporte. Vale lembrar que isto faz parte do Plano de Governo do Prefeito Luizinho Vosniak que tem como meta combater e reduzir a mortalidade infantil em Reserva. O Prefeito Luiz cita que a "melhor incubadora é o útero da mãe, desta forma seria adequado transportar gestantes de risco o mais rapidamente possível para que estas crianças possam nascer num hospital que possua melhor estrutura", o que segundo o secretário de saúde Ernani Sobczak já vem ocorrendo em virtude do Programa Rede Mãe Paranaense, fazendo com que a "maioria das gestantes de alto risco realize o parto no Hospital Nossa Senhora do Rocio em Campo Largo, Pr." Salienta ainda que "somente neste ano a secretaria de saúde já promoveu 12 transportes de urgência de crianças, sendo 06 destes para UTI Neonatal, e que foram realizados 23 transportes de urgência de gestantes em trabalho de parto ou outras circunstâncias em que era necessário intervenção de hospital de maior complexidade". Lembra ainda que "há muitas gestantes que acompanham no Ambulatório do Hospital Nossa Senhora do Rocio, sendo que a cesárea é agendada, facilitando assim o deslocamento destas gestantes". A Enfermeira Magda Ouchi, responsável pelo Programa de Saúde da Mulher em Reserva, "destaca a importância da conquista e alerta para o crescente número de gravidez na adolescência, fazendo com que a chance de gestação de risco seja extremamente alta, colocando em risco a vida da adolescente e do bebê", assim como, lembra da “importância da gestante iniciar o pré-natal o mais precoce possível, facilitando assim a identificação de gestação de risco, encaminhando esta gestante para ambulatórios especializados, através do Programa Rede Mãe Paranaense. O Enfermeiro Reinaldo, responsável pelo serviço de epidemiologia ressaltou que a “maioria dos casos de prematuridade tem ligação direta com a ocorrência de infecção urinária na gestante, desta forma é importante que a gestante conclua o tratamento até o final e repita os exames para saber se está curada ou não”.







/MAIS NOTÍCIAS

desenvolvido por: OKEYWEB

Avenida Coronel Rogério Borba, 741

CEP: 84320-000 - Centro - Reserva - Paraná - Brasil

Telefone/Fax: (42) 3276-8300

Login