Professores da rede municipal aprendem sobre primeiros socorros em formação

 

Publicado em: 22/07/2022 16:56 | Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Reserva

Whatsapp

 

As aulas da rede municipal de ensino voltam na próxima segunda-feira (25).

A Secretaria Municipal de Educação realizou ontem (21) o segundo encontro anual de capacitação antes do retorno das aulas com 280 educadores, divididos em dois grupos, dos Centros Municipais de Ensino Infantil (Cmeis) dos níveis 1 ao 5 pela manhã e das escolas do nível 5 ao 5° ano à tarde.

O Cmei Paraíso Infantil, ativado em fevereiro deste ano pela prefeitura, e a Escola Frei Thomaz foram os locais escolhidos desta vez. Os membros da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Adejalma Oliveira, Luiz Alberto Gomes e Rodrigo Ferezini, respectivamente. Rodrigo também é enfermeiro do Pronto Atendimento Municipal (PAM).

Foram ensinadas técnicas de como agir em casos de convulsão, verificação dos sinais vitais, massagem cardíaca, engasgo, sangramentos, queimaduras em bebês, crianças e adultos e prevenção de incêndios com botijão. ‘‘A gente trabalhou também os acidentes mais simples como fraturas, entorses, luxações, quando a pessoa tem as vias aéreas obstruídas por corpos estranhos, quando o coração para de bater ou respirar e o que deve ser feito nessas ocasiões’’, pontuou Ferezini.

Um educador de cada escola e Cmei teve que aprender na prática com um boneco de simulação a agir no caso de reanimação cardiopulmonar. A recomendação principal é chamar o Samu ou pedir para alguém ligar no número 192 nessas situações.

Municípios com 30 mil habitantes costumam ter a Defesa Civil, divisão diferente dos bombeiros, mas que atuam de forma semelhante. Em Reserva são oito funcionários trabalhando em uma unidade que está sendo reformada ao lado do Pátio de Obras. Na capacitação foi mostrado o procedimento de quando o botijão de gás pega fogo e como desligar o registro com segurança. As primeiras dicas são jamais deixar o botijão dentro de casa, ver a validade da mangueira, ela não pode ter mais de cinco anos de uso e não deixá-la atrás do fogão. Alguma trinca pode ocasionar vazamento.

‘‘Nunca chegar perto do fogo em pé, você vai sentir o calor e não vai ser bom. Sempre venha de joelhos ou deitado no local. Não tenha medo de fazer esse procedimento, não vai queimar. 10 a 15 cm entre o botijão a labareda não há calor e pode até colocar a mão que não vai ter problema. Com uma das mãos você abraça o engate e arrasta o dedão para fechar; com a outra mão assegure que está fechado’’, explicou Luiz Albergo Gomes.

Em memória

A Prefeitura Municipal comunicou na última terça-feira (19) o falecimento da professora Daniele dos Santos, de 30 anos. Ela entrou no quadro de servidores em 2018 e estava no Cmei Pedacinho do Céu. A causa da morte não foi divulgada. O ocorrido foi lembrado no discurso da secretaria Ruth Eliane Faustin.

‘‘De manhã também falei vamos que nós professores temos na nossa caminhada, fazemos a nossa história não sabemos quando vai terminar nossa caminhada. Lembramos com pesar do falecimento de nossa colega Daniele, que cumpriu a jornada dela aqui. Ela com certeza está numa outra dimensão, toda linda, maravilhosa, como ela era. Pois tudo o que tinha passado aqui na terra ela já passou, o que ela fez vai ficar marcado na história de cada aluno que ela ensinou’’, disse a secretaria. Pela manhã foi feito um minuto de silêncio em homenagem por todas as colegas dos Cmeis.

As aulas da rede municipal de ensino voltam na próxima segunda-feira (25).